quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Fotografia: Orientações e Sugestões de Atividade Para a Sada de Aula


 O olho mecânico das câmeras fotográficas está sendo substituído num processo rápido e implacável nos últimos anos pelos dispositivos eletrônicos das máquinas digitais.
Adicione-se a isso o fato de que também os telefones celulares, de grande popularização na última década pelo mundo afora. Segundo pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a quantidade de estudantes que portam aparelhos celulares chega a atingir a média de 36%, sendo que nas regiões metropolitanas esse número é ainda maior. Sendo assim, ao invés de proibir o uso dos aparelhos, porque não criar um projeto de trabalho que vise o aproveitamento de recursos tecnológicos, através das fotografias? Sem sombra de dúvida, essa atividade proporcionará grande entusiasmo nos alunos e as aulas se tornarão muito mais atrativas
Se em sua escola ainda não estão disponíveis as máquinas fotográficas digitais, não deixe de realizar projetos com fotos. Utilize as boas e confiáveis máquinas de filmes em rolo que os resultados podem ser tão bons ou até mesmo melhores do que se forem realizados com as digitais. Há também a possibilidade dos alunos trabalharem com as máquinas fotográficas de suas famílias ou deles mesmos. O importante é perceber que os alunos podem ser instados a realizar ótimas produções tendo por base o trabalho com imagens fotográficas que tenham sido produzidas por eles mesmos.

Apresentamos a seguir algumas orientações e sugestões de atividades que podem nortear o educador ao planejar e executar um bom trabalho em sala de aula.
Para que os trabalhos sejam bem-sucedidos é de primordial importância que informações de caráter técnico relativas ao uso das câmeras, dados sobre o manuseio, orientações sobre luz/foco/sombra/cores e também aulas sobre estética, arte e criatividade sejam dadas aos alunos para que fique mais clara e elaborada a produção com esses equipamentos. Se possível procure o apoio de profissionais e especialistas que se disponham a realizar cursos rápidos entre os professores da escola. Os educadores irão então se apropriar de conhecimentos na área e os adequarão aos estudantes com os quais trabalham.
O primeiro passo é conversar sobre a ideia de se trabalhar com o uso de máquinas digitais e celulares, exclusivamente para fotografias, propondo pesquisas sobre o tema.

1 - Ao início podem discutir sobre a história da fotografia e do cinema mudo, criando momentos em que a turma assista a um filme antigo, como os de Charlie Chaplin. Cabe, após esse momento, a análise de fotos em preto e branco, comparando-as às coloridas.

2- Sempre que for trabalhar com fotografias procure definir temas orientadores da ação de nossos estudantes-fotógrafos. O direcionamento do olhar tem que ser feito de acordo com os temas que estão sendo trabalhados em sala de aula, como reforço e contraponto aos conteúdos, leituras, filmes e aulas expositivas realizadas. Se o seu público for composto pelos alunos da educação infantil o trabalho pode, por exemplo, ter como foco a família, o ambiente em que a criança vive, as brincadeiras e os brinquedos de seu cotidiano, animais de estimação, o bairro em que está estabelecida a escola, uma visita ao mercado municipal ou a feira,...

3- As câmeras digitais permitem que uma boa quantidade de fotos seja tirada se estiverem disponíveis alguns chips de armazenamento.

4- Todas as imagens obtidas devem, num segundo momento, passar por um processo seletivo para que apenas as melhores venham a ser aproveitadas nos projetos. Se essas imagens forem digitais, elas podem ser utilizadas em apresentações de PowerPoint ou impressas (algumas delas para não encarecer os projetos).

5- A estruturação de exposições através de PowerPoint (nos computadores ou em telas) ou painéis (com a produção de cadernos/catálogos com imagens obtidas por todos os estudantes) deve sempre ser acompanhado de diários de bordo, que permitam aos alunos expressar por escrito como foi tal experiência, porque foi realizado, o que foi aprendido, o que acharam de tal projeto,...

6- As imagens obtidas devem ser acompanhadas de legendas explicativas que contenham paralelos entre o que pode ser observado na foto e os conteúdos que estão sendo trabalhados em sala de aula.

7- Apresentações de trabalhos fotográficos feitos pelos estudantes devem ser abertas a toda a comunidade. Inicialmente podem ser feitas no âmbito escolar para que os outros alunos conheçam a produção e também para que os pais, parentes e amigos conheçam os projetos.

8- Caso as fotos tenham sido obtidas a partir de câmeras digitais, o trabalho em questão pode gerar a produção de um fotoblog. Essa possibilidade iria permitir que pessoas de diferentes municípios, estados ou mesmo países pudessem conhecer um pouco da cultura, dos hábitos e do cotidiano de nosso país.

9- O trabalho com fotografias poderia também ser utilizado sempre que a escola programasse visitas e excursões. Nesse sentido as fotos serviriam para documentar e auxiliar no relato dessas atividades, especialmente no caso daquelas que tivessem um claro cunho cultural ou educacional.

10- Projetos mais amplos relacionados a fotografia poderiam redundar na criação de registros das atividades gerais promovidas pelas escolas ao longo de todo o ano escolar e promover o surgimento de livros que contassem a história da escola; outra alternativa de ampliação do uso das fotos nas escolas seria a estruturação e o surgimento dos jornais de estudantes coordenados com o apoio dos professores.

Em suma, há muitas ideias passíveis de realização nas escolas relativamente a utilização da fotografia. A principal meta deve ser estimular um olhar mais curioso, crítico, engajado e sensível quanto ao mundo que nos cerca. Somos dotados de visão e muitas vezes parecem que não conseguimos visualizar nem mesmo o que está diante de nossos próprios olhos. Quem sabe com o auxílio das câmeras fotográficas possamos realmente ampliar a nossa capacidade de perceber tudo aquilo que está ao nosso redor e nos articular mais efetivamente pelo mundo em que vivemos ao mesmo tempo em que mobilizamos os nossos estudantes.

Outras sugestões de atividades.
·         Cada aluno deverá pesquisar e montar uma linha do tempo sobre a história de sua família, adaptando cada foto a um texto explicativo da mesma. Depois de coletado o material, deverão organizar de forma apropriada, apresentando-o como trabalho individual.
·         Proponha aos alunos que estudem a história e os princípios da boa fotografia e coloque a turma para retratar cenas do cotidiano e organizar uma exposição de imagens na escola.
·         Divida a turma em várias equipes e para cada equipe der um tema que deverá ser retratado por eles e apresentado para a turma em forma de exposição.
·         São várias a possibilidade de trabalhar fotografia a partir de temas.
Da minha casa à escola: o aluno fará uma sequencia de fotos tirada por ele durante o  percurso da sua casa até a escola. O trabalho deverá ser apresentado juntamente com um texto que fale onde aquelas fotos foram tiradas e o porquê da escolha delas.
Pessoas de comunidade: uma exposição de fotos de pessoas da comunidade em que o aluno mora ou mesmo da comunidade próxima a escola.

Outras sugestões de temas:
            Paisagens naturais, paisagem urbana, curiosidades, flores, amimais, descaso social, cotidiano, profissionais...

HABILIDADES
•Conhecer os princípios básicos de composição visual e aplicá-los à fotografia.
•Reconhecer a importância dos fundamentos da linguagem visual para a realização de obras visuais.
•Reconhecer e valorizar a importância da fotografia como linguagem documental e artística.
CONTEÚDOS
•Princípios básicos de composição aplicados à fotografia.
•Regra dos terços.
•Fotografia.

Apresentação dos trabalhos finais

Esta será a aula da apresentação dos trabalhos e aqui vocês poderão mais uma vez retomar as discussões em torno das fotografias tomadas, buscando aquelas que melhor solucionaram questões como o enquadramento, a luz, as texturas e as cores. Vocês poderão, ainda, elaborar um projeto de exposição e apresentar à escola os trabalhos desenvolvidos nas aulas.
Vá além:
1) Os trabalhos finais poderão ser apresentados sob a forma de scrapbooks (os álbuns que associam fotos, textos e outros materiais relacionados ao tema abordado) construídos pelos alunos.
2) Vocês também poderão realizar esse exercício em mídia digital, ampliável, gerando um mapa de relacionamentos como os que aparecem nas redes sociais mais comuns da internet, como o Orkut ou o Facebook, por exemplo.

AVALIAÇÃO
Observe se os alunos compreenderam as principais ideias trabalhadas nas aulas: os princípios básicos de composição visual aplicados à fotografia; a importância dos fundamentos da linguagem visual para a produção de boas fotos; bem como as diferentes funções da linguagem fotográfica. Durante os trabalhos práticos, verifique se os alunos sabem aplicar os conceitos de assimetria e simetria e de enquadramento, se fazem bom uso da luz disponível nos locais fotografados, como eles trabalham a noção de profundidade e como interpretam os trabalhos dos colegas.



Fonte:
Consultoria Maria José SpiteriTavolar Passos, Doutoranda e Mestre em Artes pela UNESP - SP, professora de Estética e História da Arte e Linguagem Visual na Universidade Cruzeiro do Sul e Escultura na Universidade São Judas Tadeu.
http://www.planetaeducacao.com.br/portal/artigo.asp?artigo=680
http://educador.brasilescola.com/orientacoes/%20.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário