segunda-feira, 30 de maio de 2011

Logotipo

A humanidade sempre usou símbolos para se expressar intensamente e individualmente, o orgulho, a fidelidade e a prosperidade. O poder dos símbolos continua fugaz e misterioso – uma simples forma pode engatilhar instantaneamente a lembrança e despertar emoções, seja ela estampada em uma bandeira, lapidada em uma placa de pedra ou exibida no visor de seu telefone celular.
Em um mercado cada vez mais competitivo ser lembrado é fundamental, no entanto isto está se tornando cada vez mais difícil. Uma marca tem que ser forte o bastante para se destacar em um mercado densamente povoado.
O logotipo ou apenas logo é uma palavra, desenho ou associação de palavras e desenhos que deve identificar uma empresa. Como o cérebro humano tem grande capacidade de memorizar imagens, este elemento de comunicação visual pode sintetizar uma grande quantidade de características de uma empresa num simples desenho. Assim, o logotipo serve ao marketing do empreendimento.
O logotipo deve ser simples e objetivo. Muito detalhe, efeitos gráficos excessivos e grande quantidade de cores tiram a comunicatividade do logotipo e o torna difícil de ser fielmente reproduzido. Além de encarecer os materiais onde ele estiver sendo usado.
Quando o nome da empresa é representada por uma forma de letra especial e própria, criada para ela, somada ou não a um símbolo gráfico, tem-se um conjunto chamado logomarca.
 O logotipo deve comunicar com precisão a forma como a empresa quer ser percebida pelo mercado.
Um bom logotipo deve ser simples, sem ser, entretanto, simplório. Deve atrair, seduzir e encantar. Precisa permanecer atual mesmo com o passar do tempo. Deve ser memorável. Detalhes excessivos ou efeitos rebuscados com grande quantidade de cores dificultam a reprodução e encarecem os materiais onde ele vier a ser utilizado.
Um bom logotipo deve ainda ser facilmente reproduzido em mídias diferenciadas como papel, plástico, relevo em couro, aplicação em peças de metal fundido, etc. Deve manter-se claro e atraente, tanto colorido como em preto e branco, e ter a capacidade de manter íntegros e legíveis todos os seus elementos, mesmo sofrendo alta redução.
            A cor é um aspecto muito importante de um logotipo. Ela pode ser calmante excitante, sóbria, alegre... depende da ideia que o artista gráfico quer transmitir sobre o produto ou a empresa.

As cores quentes, como o vermelho, o amarelo e o laranja, são excitantes. Elas são as preteridas no caso de produtos que lembram atividade e agitação.






As cores frias, como o azul-claro, o azul-escuro, o roxo, o lilás e o verde, são calmantes.
Elas são as mais usadas quando se quer dar ideia de paz, tranquilidade, sossego.




Algumas sugestões de atividade.

1-     Faça o esboço de um logotipo que represente a sua turma. Antes, pense nas características mais marcantes do grupo. Lembre-se que o logotipo pode ser uma letra, uma palavra, desenho ou palavra e desenho.
2-     Invente uma empresa fictícia e tente criar um logotipo para ela.
3-     Monte um mural com logotipos de empresas da sua cidade.


Logotipos de algumas empresas em Açailândia.














Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Logotipo
http://www.eniosouza.com.br/logotipos
http://www.reinaldoferreira.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário