sábado, 18 de outubro de 2014

Mosaico



    

            É uma simples arte que envolve paciência e organização, pois para fazer uma figura ou uma arte abstrata deve-se agrupar cacos de pelo menos duas cores de qualquer material. Os materiais mais utilizados são os azulejos coloridos e as pastilhas de vidro, porém existem outros que também podem resultar numa linda obra. São eles: vidro, pedra, concha, papel, madeira, botões, plástico, couro, pano, grãos alimentícios e outros. Normalmente utiliza-se um único material para a execução da obra, porém a mistura harmoniosa de materiais pode ser feita e resultar belíssimos trabalhos, é só deixar fluir a imaginação. A criatividade para a criação de um mosaico é a ferramenta mais importante.
            Os mosaicos são conhecidos desde a Antiguidade e devido a sua resistência, foram denominados pintura para a eternidade, pois realmente permitem uma conservação duradoura. A origem da palavra mosaico vem do termo grego "mosaicon", que significa "musa". Algumas obras em mosaicos foram originadas na Mesopotâmia pelos Sumérios datadas em 3.000 a.C. Os motivos eram geométricos e revelavam inspiração na arte da tapeçaria.

            Os mosaicos deixaram a sua gloriosa marca na história durante o Império Bizantino, que deixou uma vasta coleção da arte. Em todo o Império, os bizantinos faziam suas devoções e os mosaicos eram feitos principalmente em igrejas e templos adornando paredes e abóbadas. Essas obras relatavam em sua arte personagens e acontecimentos bíblicos. Cabia aos artistas a realização em suas obras instantaneamente identificáveis por todos os observadores. Foi durante esse período que os mosaicos passaram a ser executados também em vidro.
            Os mosaicos atingiram principalmente a Itália, Egito, Macedônia (região que abrange a Grécia, Iugoslávia e a Bulgária), China e outros. O século XVI, época do Renascimento traz a utilização do mosaico em abundância, sendo a Basílica de São Pedro o trabalho mais reconhecido da época. As tradições foram quebradas com artistas como Gaudi, que construiu famosos mosaicos em Barcelona.

            No Brasil, a imperatriz Teresa Cristina, princesa napolitana e mulher de D.Pedro II, foram às pioneiras no uso da arte do mosaico. Com conchas e cacos do serviço de chá da casa Imperial e usando a técnica, cobriu os bancos e fontes da área externa do Palácio de São Cristóvão, hoje Museu de Ciências Naturais (Quinta da Boa Vista - Rio de Janeiro) o chamado Jardim das Princesas. Outros exemplos de mosaico no Brasil eram as chamadas "pedras portuguesas", usadas nas calçadas da Avenida Central (atual Avenida Rio Branco - RJ). Exemplos de mosaico veneziano aplicados nos pisos e escadarias do Teatro Municipal e Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro) ainda podem ser vistos. Esses mosaicos chegaram ao Brasil nos 1900, durante a "Belle Époque" carioca, quando o prefeito Pereira Passos tentou recriar um ar parisiense no Rio. Na Av. Central, região da Cinelândia, o estilo arquitetônico ainda é marcado por esse período da nossa história, que nos trouxe uma riqueza cultural e variedade artística. O calçadão da Orla de Copacabana também é um dos mais antigos exemplos de mosaico no Brasil.

Chama-se de Arte Bizantina aquela produzida na parte leste do antigo Império Romano.



            Os trabalhos do artista brasileiro Romero Brito é uma boa opção para se trabalhar mosaico com os alunos a partir de uma obra de um artista.

Mosaico de papel

Material

1. Cartolina ou papel sulfite (suporte);
2. Lápis preto;
3. Cola branca;
4. Pincel para espalhar a cola;
5. Revistas velhas.

Atividade
Os alunos irão elaborar, individualmente, um desenho sobre a cartolina ou papel sulfite. Apague levemente as linhas do desenho, deixando apenas o suficiente para se perceber a imagem. A seguir, oriente-os a cortar folhas de revistas velhas em pedaços bem pequenos e coloridos, separando-os, a seguir, por cores e tons iguais. (O professor pode levar uma boa parte desse material já pronto.) Depois, eles devem passar a cola sobre o desenho e preencher os espaços com o papel picado.

Dica: a qualidade dos trabalhos fica bem melhor se depois de prontos vernizar com cola branca.


Trabalhos de mosaico de Fabiana Santos.

Papel sobre papel cartolina

Papel sobre papel sulfite




Fonte:
http://educacaolivreparapensar.blogspot.com.br/2009/10/sugestao-de-atividade-mosaico-de-papel.html




Nenhum comentário:

Postar um comentário